terça-feira, 24 de maio de 2011

Filmes de mentirinha que eu queria ver - Parte 1


"Machete", de Robert Rodriguez, começou com o trailer falso de um filme de mentirinha no início de "Grindhouse", o mal-sucedido projeto conjunto entre Rodriguez e Quentin Tarantino. Mas a ideia de um filme de ação casca-grossa estrelado por Danny Trejo vingou, e Rodriguez resolveu transformar o trailer de mentirinha em um longa de verdade. Entretanto, para muitos (inclusive eu), "Machete" deveria ter continuado apenas como brincadeira, considerando o resultado burocrático do longa inspirado no fake trailer.

Mesmo assim, surgiram notícias de que outros trailers falsos de "Grindhouse" poderiam virar longas, como o slasher "Thanksgiving", de Eli Roth. Teve fã fazendo coro e comemorando a proposta, talvez sem perceber que todas as possíveis cenas legais de "Thanksgiving" JÁ ESTÃO no trailer falso, e tudo que Roth vai fazer, caso realmente transforme o projeto em longa, é filmar as partes chatas entre elas!

Isso me levou a pensar numa série de trailers e filmes fictícios já usados em outras produções, e que poderiam muito bem transformar-se em longas bem mais interessantes que "Machete", "Thanksgiving" e qualquer outro fake preview de "Grindhouse". Acompanhe-me nessa viagem por alguns filmes de mentirinha que INFELIZMENTE são apenas de mentirinha, mas que eu adoraria ver "de verdade":


SAND PIRATES OF THE SAHARA
Em "Cine Majestic" (2001, dir: Frank Darabont), Jim Carrey interpreta Peter Appleton, um roteirista na Hollywood dos anos 50. Antes de sofrer um acidente, perder a memória e dar início à trama, Appleton vai à premiére de seu novo projeto, uma aventura B em preto-e-branco chamada "Sand Pirates of the Sahara". Estrelado por Brett Armstrong (Bruce Campbell de bigodinho!), o filme dentro do filme mostra uma luta de espadas num velho templo e um vilão segurando o mesmo ídolo que Indiana Jones procurava no início de "Os Caçadores da Arca Perdida"! Confesso que essa ceninha curta me deixou curioso para ver um filme B estilo Indiana Jones estrelado por Bruce Campbell. No pôster de "Sand Pirates of the Sahara" mostrado na fachada de um cinema de "Cine Majestic", descobrimos que o diretor da aventura falsa é "Ferenc Árpád" (anagrama que não consegui decifrar) e o produtor, Charles Russell (colaborador de longa data de Frank Darabont)!!!




CHUBBY RAIN
Policiais derretendo, mulheres fatais, alienígenas que invadem a Terra escondidos em gotas de chuva e uma frase de efeito hilária gritada pelo herói no final: "I get you, SUCKERS!!!". Assim é "Chubby Rain", o filme B de ficção científica que o cineasta Bobby Bowfinger (Steve Martin) quer desesperadamente filmar em "Os Picaretas" (1999, dir: Frank Oz). Só que ele precisa de um ator famoso, e, sem dinheiro para pagar um, resolve filmar o astro Kit Ramsey (Eddie Murphy) sem que ele saiba. As cenas hilárias que mostram Bowfinger e sua equipe filmando "Chubby Rain" me fizeram sonhar com um bizarro filme de ficção científica bagaceiro dirigido por Fred Olen Ray ou Jim Wynorski e estrelado por um decadente Eddie Murphy, falido e precisando de dinheiro para pagar o aluguel. O resultado certamente seria tão engraçado quanto aparenta nas cenas do filme dentro do filme. E não tem forma melhor para terminar uma história de invasão alienígena do que o herói olhando para o alto e gritando: "I get you, SUCKERS!!!".




FILME DE TERROR EM "DEMONS"
Quando era moleque e vi "Demons" (1985, dir: Lamberto Bava), jurava que o filme que os personagens assistem no cinema era de verdade. Pena que não é, pois teria potencial para ser um belo terrorzão daqueles que os italianos faziam tão bem. Nas cenas projetadas antes da invasão dos demônios do "filme oficial", vemos um quarteto de jovens (um deles interpretado pelo futuro diretor Michele Soavi) chegando a uma cripta e encontrando o túmulo do profeta Nostradamus. De lá retiram um livro e uma máscara sinistra (homenagem do Bavinha ao clássico do seu pai Mario Bava, "A Máscara do Demônio"). O livro traz uma profecia de Nostradamus sobre o fim do mundo ("Eles farão dos cemitérios as suas catedrais, e das cidades os seus túmulos"), e a máscara, ao ser usada por um dos rapazes, inicia um processo de contaminação que os transforma em demônios à la "Evil Dead". Claro que logo tudo isso se repete dentro do cinema em que os personagens de "Demons" estão e o filme falso é esquecido, mas eu sempre quis saber como ele terminava...





REMOTE CONTROL
"Controle Remoto" (1988, dir: Jeff Lieberman) é um filmaço que quase ninguém viu, o que é uma pena. Conta a história de alienígenas que tentam dominar a Terra através da fita VHS de um velho clássico de ficção científica dos anos 50 chamado "Remote Control"; ao assisti-lo, as pessoas são hipnotizadas e forçadas a matar quem quer que esteja próximo. O curioso é que a trama de "Remot Control", o filme dentro do filme, é muito semelhante à trama do próprio "Controle Remoto" (porque os aliens "se inspiraram" na ideia da obra dos anos 50 para elaborar sua invasão na década de 80!!!). É uma pena que Lieberman não tenha filmado uma versão de "Remote Control" em média-metragem (extras de DVD ainda eram um sonho distante lá em 1988), pois as cenas da ficção fake dos anos 50, em preto-e-branco, são incríveis, com direção de arte propositalmente exagerada e muita criatividade (inclusive uma versão pré-histórica de videocassete).





SLASHER DE CHARLES RUSSELL
Em "A Bolha Assassina" (1988, dir: Charles Russell), dois moleques vão ao cinema para assistir a um slasher movie sem título. A única cena que vemos do filme dentro do filme é um casal namorando junto à fogueira e o namorado reclamando de um sujeito que insiste em podar moitas com uma serra elétrica àquela hora da madrugada. É claro que o jardineiro da madrugada é um assassino mascarado, e é claro que o casalzinho vai se dar mal. Embora não seja nenhuma novidade, fiquei pensando como seria um slasher movie "real" dirigido por Charles Russell, ele que começou a carreira trabalhando com Roger Corman (como assistente de produção de "Cannonball - A Corrida do Século") e produzindo o slasher "Noite Infernal" (1981), de Tom DeSimone. Baseado nessas poucas cenas do filme falso mostradas em "A Bolha Assassina", creio que Russell usaria sua experiência no horror dos anos 80 (ele também dirigiu "A Hora do Pesadelo 3") para fazer um slasher satírico e auto-referencial muito mais interessante do que os "Pânico" do Wes Craven...

27 comentários:

Vulnavia disse...

Talvez você possa me ajudar nessa: No filme "O Íncubo", de 1981, aquele com o John Cassavetes, tem uma cena num cinema também. O pessoal está vendo uma espécie de musical, (se não me engano o nome da banda é Samsom, e foi uma banda de verdade mesmo), uma mocinha sai paa ir ao banheiro e lá é atacada pelo 'íncubo'.
Procurei saber se aquele era um video do Samsom, mas não consegui descobrir...e do lado de fora do cinema tem um cartaz do Rocky Horror Picture Show!

cristian verardi disse...

Samson era a banda do Bruce Dickinson antes dele ingressar no Iron Maiden.

(Verardi)

Hugo disse...

Aparentemente, Darabont é de oringem húngara e seu nome completo é Frank Arpad Darabont, daí o "Ferenc Arpad".

Marcel disse...

Felipe, também fiquei com muita vontade de ver esse "Sand Pirates of the Sahara"... ainda mais que tem o meu canastrão preferido que é o Bruce "Ash" Campbell!!! hehe

Sobre o anagrama de FERENC ARPÁD é o seguinte: FERENC possui quase a mesma sonoridade de FRANK, e ARPÁD é um anagrama em cima da abreviação do sobrenome DARABONT, que muitos amigos do cineasta o chamavam de DAPRA, numa brincadeira de o assemelhar à FRANK CAPRA! Logo, FERENC ARPÁD (que mais parfece um diretor Árabe, rs), na verdade é ninguém menos que FRANK DAPRA, ou melhor, FRANK DARABONT!

E sobre os fake-trailers de Grindhouse, pra mim, o que deu muito certo é "HOBO WITH A SHOTGUN", com o cultuado Rutger Hauer... na minha opinião, esse realmente é o melhor! Se ainda não viu, assista que vale a pena!!!

Abrs,

Matheus Ferraz disse...

Eu queria ver "Coming Home in a Body Bag" e aquele outro documentário dos cineastas de Cannibal Holocaust.

Anônimo disse...

Em "Matinee" do Joe Dante também tem o filme do homem formiga ou algo assim, que também gostaria de ver.
Fernando

Felipe M. Guerra disse...

FERNANDO, o filme de mentira do "Matinee", chamado MANT, aparecerá aqui na segunda parte dessa bobajada. ;-)

Pedro Tavares disse...

Gostaria de ver "Le Fin Absolue du Monde" do Cigarette Burns, episodio do "Masters of Horror" dirigido pelo Carpenter.

Quer dizer .... melhor nao. :)

Felipe M. Guerra disse...

PEDRO, também estará no próximo capítulo, aguarde!

Fernando disse...

O filme dentro do "Controle Remoto" é realmente hilário. Aliás, o filme todo eu considero muito bom.

Sílvio C disse...

Faltou o Popcorn, manézão! Incompleto como sempre.

Felipe M. Guerra disse...

Leiam o título: PARTE 1!!! PARTE !!!!

hahahaha.

J. Verneti disse...

Valeu por citar o "Controle Remoto", assisti esse filmes há mais de quinze anos na Sessão da Tarde (acredite se quizer) e não lembrava o nome. É um daqueles casos em que você é o unico num grupo de amigos que assistiu o filme e os de mais acham que você se comfundiu ou está inventando.

Hoague disse...

no 'olhos da cidade..." tem o "The Mommy"
e o italiano 'circuito chiuso', de 1978, que ainda nao vi...

abraço

Eduardo disse...

Segundo o IMBD... http://www.imdb.com/title/tt0268995/trivia?tr=tr0778384

Anônimo disse...

Todo mundo se esqueceu do filme que o protagonista de "O Lobisomem Americano em Londres" assiste junto com suas vítimas no cinema?

Christiano disse...

Aquela sci fi que aparece no filme Viagem ao mundo dos sonhos (Não sei se tem nome, não lembro), também do Joe Dante, passando no drive-in, seria bacana de se ver também.

Christiano disse...

Eu tomei a dianteira, espero que você não se chateie: http://umestranhonoblog.blogspot.com/2011/05/starkiller.html

Hugo disse...

Que tal "Goliath and the Cheerleaders", cujo trailer aparece em "Bikini Drive-in", de Fred Olen Ray?

Felipe M. Guerra disse...

STARKILLER vai aparecer na parte 2. Pô, estamos todos em sintonia... hehehehe.

Anônimo disse...

Felipe,

Em Underground - Mentiras de Guerra,há um diretor que usa os arredores da cidade de Sarajevo para rodar um filme sobre os acontecimentos dos dois personagens principaiS. O engraçado é o que acontece no início com eles é depois filmado, de maneira exagerada e surreal!

Anônimo disse...

O nome do slasher em "A Bolha Assassina" é "The Garden Tool Massacre".

Pedro Paulo F. Lima disse...

Para uma parte 2, que tal o "real" "Amazon Women on the Moon"?

No mais, parabéns pelo blog, leio sempre!

qualquergordotemblog disse...

Felipe, e aquele filme com o Stallone, o Jackie Chan e a Whoopy Goldberg que tinha dentro do "Burn, Hollywood, Burn" não era uma boa?

Marcelo Miranda Lamy disse...

Bem lembrado o "Popcorn". Neste filme "aparecem" mais três filmes diferentes que são projetados no cinema.
Abraço

Pinto disse...

Nos comerciais do Oscar esse ano, Schwarza e Jackie Chan estrelaram juntos um comercial ante pirataria com o slogan "Take action". Ambos de jaqueta de couro pilotando uma motocicleta numa estrada num fundo falso desviando de explosoes enquanto alertavam a galera sobre os problemas da pirataria.

Leonardo Peixoto disse...

No episódio de estreia dos pais da Vanessa , em Eu , a Patroa e as Crianças , é mencionado um filme com Jackie Chan chamado Babuíno na Lua .