segunda-feira, 1 de junho de 2009

Re-cut Trailers


O surgimento de programas cada vez melhores (e mais simples) para edição de vídeos e imagens proporcionou uma democratização da montagem de filmes, dando origem a coisas como os "fan films" - remontagens digitais de filmes, muitas vezes melhores que as originais.

Aqui mesmo no FILMES PARA DOIDOS eu resenhei, há meses, um "fan film" chamada "Superman Redeemed", onde os "autores" juntaram cenas dos filmes "Superman 3", "Superman 4" e cenas excluídas filmadas por Richard Donner para "Superman 2" criando uma nova historinha linear bem melhor que as próprias partes 3 e 4 "oficiais". Mas há muitos outros exemplos que podem ser facilmente encontrados na rede, como a "fan edit" do clássico "Dawn of the Dead" (que basicamente junta todas as cenas das várias versões existentes do filme de George A. Romero) e "Star Wars - Episode 1: The Phantom Edition", onde alguns nerds remontaram totalmente o péssimo "A Ameaça Fantasma" para, entre outras coisas, diminuir a presença do xarope Jar Jar Binks em cena.

Agora, cá entre nós, fazer um "fan film" parece até uma tarefa fácil quando você topa com um dos muitos e hilários trailers remontados disponíveis na web - os "re-cut trailers". Ao contrário dos "fan films", que basicamente apenas suprimem ou acrescentam cenas, porém sem mexer muito na trama do filme original, os "re-cut trailers" são divertidíssimos justamente pela criatividade dos seus autores em usar cenas de um filme para criar um trailer que passe uma idéia completamente diferente do original. Por exemplo, cenas de um terror sangrento são transformadas no trailer de uma comédia romântica.

Essa brincadeira teria começado em dezembro de 2003, quando o nova-iorquino Spencer Somers jogou na internet o trailer falso "Kill Christ", ou "Tarantino's Passion of the Christ", que usava cenas do filme "A Paixão de Cristo", de Mel Gibson, no trailer de uma história de vingança ao estilo "Kill Bill", do Tarantino. O trabalho fez muito sucesso, apesar de fraquinho, e foi campeão de downloads, mas hoje sumiu da rede. Pelo que pesquisei, ele foi censurado na maioria dos sites de vídeos por ser considerado "anti-semita" - alguém não entendeu a piada... Um dos únicos sites que ainda trazem o vídeo é este aqui.

Com o sucesso de "Kill Christ", uma entidade norte-americana chamada Association of Independent Creative Editors lançou um concurso oficial incentivando os re-cut trailers. Foi graças a este concurso que, em outubro de 2005, apareceu um dos mais criativos e fantásticos trabalhos do gênero: "Shining", uma remontagem que usa cenas do terrorzão "O Iluminado", de Stanley Kubrick, e consegue a façanha de fazer aquilo parecer um drama familiar sobre um escritor em crise e sua conturbada relação com o próprio filho!!!

Além de simplesmente reeditar as imagens filmadas por Kubrick, esta obra de Robert Ryang adicionou uma narração com tom divertidinho para explicar a "nova história" e usou a música "Solsbury Hill", de Peter Gabriel, com resultado muito bom. E foi este vídeo que mostrou o potencial da brincadeira, abrindo as portas para um montão de sátiras disfarçadas como "re-cut trailers".

Hoje, se você pesquisar pelo termo "re-cut trailer" no YouTube, vai encontrar um monte de bobagem. Um que tinha potencial, mas ficou meia-boca, é o que tenta transformar "Cannibal Holocaust" em comédia romântica - a idéia é boa, mas foi muito mal-executada. Outro com idéia boa e resultado fraco é o que transforma "Monty Python e o Cálice Sagrado" em aventura épica à la Mel Gibson.

Há um bom tempo que eu sou fascinado por essa coisa de edição de imagens, mas recentemente estudei as teorias de montagem que os cineastas soviéticos (Eisenstein, Pudovkin, Vertov, Kuleshov) desenvolveram ainda lá nos anos 20 do século passado, e essa brincadeira dos "re-cut trailers" bebe um pouco da fonte desse pessoal - que dizia que era a edição das imagens e o uso da música que criavam as sensações no espectador, e não as cenas em si ou a história do filme. Dentro desta teoria, bastaria adicionar uns sons engraçadinhos estilo Videocassetadas na famosa cena do extintor de "Irreversível" para transformar aquilo em comédia. Acredite: parece absurdo, mas tem sua lógica.

Para provar esta teoria, divirta-se com uma seleção com alguns dos melhores "re-cut trailers" disponíveis no YouTube. Uns são tão bons que é até uma pena que os filmes não existam na vida real. Eu adoraria ver o terrorzão feito com imagens do filme infantil "Mary Poppins" - que deu origem a vários outros vídeos parecidos, como as "versões terror" de "Debi & Lóide", "Esqueceram de Mim", "A Fantástica Fábrica de Chocolate" e até do desenho "O Rei Leão", nenhum tão bom quanto a montagem de "Mary Poppins".

SHINING
O clássico dos clássicos: o terror "O Iluminado" foi transformado em drama familiar!



BROKEBACK TO THE FUTURE
Marty McFly e Doc Brown apaixonados na versão "romance gay" de "De Volta Para o Futuro"!



TITANIC 2 - THE SURFACE
Genial: uma falsa seqüência para "Titanic" com o personagem de Leonardo DiCaprio sendo descongelado no futuro!!! Criado com cenas de "Titanic", "Con Air", "Hulk" e outros filmes.



TAXI DRIVER
O psicopata Travis Bickle estrelando uma comédia romântica.



SCARY MARY
O assustador "trailer de terror" de "Mary Poppins". Ia ser um filmaço!



SHE'S ALL BRAT!
"O Exorcista" se transforma numa comédia juvenil - SEM POSSESSÃO DEMONÍACA!



THE TERMINATOR
Sarah Connor dividida entre o amor por Kyle Reese e pelo Exterminador!!!



QUERO SER GRANDE
A comédia de Tom Hanks transformada em drama pesado sobre pedofilia!



TOP GUN
A versão "Brokeback Mountain" de "Top Gun". Além de divertida, mostra que o filme original já era gay pra caramba!



AMERICAN PIE 2 - REDEMPTION
Outra obra-prima: aqui o sujeito usou criativos efeitos digitais para transformar a comédia "American Pie 2" em terrorzão sangrento. O mais interessante é que este trailer é "continuação" de outro trailer falso, "American Pie - The Horror", cuja incorporação em outros sites foi desativada pelo seu autor (mas você pode, e DEVE ver, clicando aqui).



SINTONIA DE AMOR
Outra comédia de Tom Hanks, agora transformada em suspense estilo "Atração Fatal"! Brilhante!!!



CROCODILO DUNDEE
O herói cômico australiano acabou virando um psicopata assustador, estilo "Wolf Creek"!



Aproveitem a sessão de Comentários para eleger o mais divertido desses vídeos, e também para sugerir algum outro trailer falso impagável. Agora, cá entre nós: não dá vontade de começar a fazer também, caso isso não demandasse uma boa dose de criatividade e uma IMENSA quantidade de paciência???

13 comentários:

Allan Verissimo disse...

Felipe, tem um trailer falso que transforma o suspense TUBARÃO do Spielberg em um filme infantil no mesmo estilo de Free Willy. É muito engraçado. Depois quando eu tiver tempo eu procuro o link e posto aqui.
Mas o cara que fez o novo trailer do O ILUMINADO merece um prêmio. Já pensou se essa nova geração que não viu o filme e só esse trailer for querer ver sem saber que não é uma comédia agua com açucar e sim na verdade um "terrorzão"?

Allan Verissimo disse...

E aqui está a "versão Disney" de TUBARÃO:
http://www.youtube.com/watch?v=92yHyxeju1U

Ibertson Medeiros disse...

Já tinha visto esse de Shining. Muito massa. O de Brokeback to the Future é fraquinho, mas gostei do Scary Mary também hehehe
Tem um que vi do Exterminador do Futuro também, que ele ia tentar salvar Jesus Cristo, mas era fan film mesmo.
Esse aqui: http://www.youtube.com/watch?v=8pUrsUORF4Y

Felipe M. Guerra disse...

Esse fan film do Exterminador do Futuro salvando Jesus na verdade era um quadro humorístico do Mad TV. E era bastante divertido mesmo.

Leandro Caraça disse...

Procure no You Tube o 'Dirty Dancing dirigido por David Lynch' !!!

Bruno C. Martino disse...

Tem o do TITANIC versão terror também.

Allan Verissimo disse...

O do MARY POPPINS é espetacular. Pena que não existe de verdade...
Agora eu tenho uma dúvida: aqui na locadora da minha cidade, a versão de DESPERTAR DOS MORTOS tem 140 minutos. Pelo que eu sei, na Alemanha, a versão deles é de 156 minutos. Mas o que tem nesses 16 minutos a mais?

Takeo Maruyama disse...

Quando vi pela primeira vez um re-cut trailer que fizeram do Bater Ou Correr (Shanghai Noon) que virou Brokeback Noon (http://www.youtube.com/watch?v=SIkTAyLqIaU) eu tinha achado genial, mas depois de ver esses outros trailers que você selecionou, achei o Brokeback Noon fraquinho...

Ibertson Medeiros disse...

Felipe, só lembrei de você quando vi essa notícia.
Vão lançar um documentário sobre os filmes policiais italianos dos anos 70, chamado Eurocrime.
Olha o trailer nesse link: http://twitchfilm.net/site/view/new-documentary-italian-crime-films#extended

Luiz Alexandre disse...

Duvido não vi todos ainda, mas o She's All Brat até agora é o melhor!!

Luiz Alexandre disse...

Rapaz, o Carradine empacotou...
Seria bom resenhar o Future Force, hein?

Felipe M. Guerra disse...

Grande perda. O David era um dos meus atores preferidos - só aqui no blog, já havia resenhado dois de seus filmes, Cannonball e Deathsport, em um curto espaço de tempo. Future Force em breve também estará aqui como uma lembrança de um grande ator que teve altos e (muitos) baixos, mas mesmo assim mostrava sempre uma presença de cena marcante, ainda que o filme em si não ajudasse.

alexandre disse...

Cara,juro que eu tive um pesadelo com a mary poppins na infância. a imagem dela sempre foi terrificante,pra mim. esse recut mostra que não era doideira minha não. hilário. esse blog é ducarai.