quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Felipe M. Guerra entrevista...


A exemplo do que eu já havia feito ano passado, aqui estão quatro entrevistas que fiz com novos diretores participantes da edição 2013 do Fantaspoa - Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre. Trata-se de uma tentativa de valorizar o trabalho desses cineastas iniciantes, muitos deles apresentando seu primeiro longa aqui no Brasil. Quem sabe amanhã estes caras se transformem em grandes e respeitados nomes do cinema fantástico, e nesse caso você já os terá conhecido em primeira mão graças ao FILMES PARA DOIDOS!

Nos vídeos abaixo, o leitor pode conferir minhas entrevistas com os cineastas norte-americanos Mike Mendez ("Big Ass Spider") e Jeremy Gardner ("The Battery"), com o inglês Paul Hyett ("The Seasoning House" aka "A Casa de Tolerância") e com o paraguaio Juan Carlos Maneglia ("7 Cajas" aja "7 Caixas"), esse último dando uma verdadeira aula de humildade para aqueles petulantes cineastas brasileiros dependentes de Leis de Incentivo à Cultura para fazer filmes pretensiosos que ninguém vai ver.

Já falei rapidamente aqui no blog sobre o quanto gostei dos filmes desses caras todos, e nas entrevistas (devidamente legendadas em português) o leitor poderá conhecer mais sobre as obras e sobre os próprios realizadores, que falam sobre suas influências, referências e sobre o cinema fantástico moderno. Para poupá-los do meu inglês horrível e do meu "portunhol", substituí as perguntas que fiz por títulos com os temas discutidos.

Sei que nem todos gostam de ver entrevistas em vídeo, e eu mesmo prefiro as entrevistas transcritas (por escrito). Mas reserve um tempinho para ver e ouvir o que esses caras têm a dizer. Afinal, como eu já falei no Fantaspoa do ano passado, eles podem ser os Stuart Gordons, John Carpenters e David Cronenbergs de amanhã.

E como "plus a mais", deixo também um vídeo que fiz com os melhores momentos da inesquecível apresentação do músico italiano (nascido brasileiro) Claudio Simonetti, o ex-Banda Goblin responsável por temas imortais dos clássicos de Dario Argento, George A. Romero, Lamberto Bava e outros, que em Porto Alegre fez o seu PRIMEIRO SHOW EM TERRITÓRIO BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS! Simplesmente imperdível e emocionante para qualquer fã de boa música e/ou cinema fantástico.


Entrevista com Paul Hyett



Entrevista com Juan Carlos Maneglia



Entrevista com Mike Mendez



Entrevista com Jeremy Gardner & co.



Claudio Simonetti Live in Porto Alegre


4 comentários:

Alex H disse...

Ótimas entrevistas, como sempre!
Mas pra falar a verdade, THE SEASONING HOUSE é o único filme que estou louco pra ver. O Hyett pareceu ser um cara muito maneiro.
Já o tema "zumbis", que antes eu adorava, agora me dá nojo só de ouvir. Saturou essa modinha.

Agora... não sei se foi impressão minha que o Juan Carlos Maneglia deu um risinho, como se tirando um sarro de você, quando citou o Glauber como influência, hehehe! Na hora, imaginei você disfarçando sua cara de desgosto, Felipe.

Espero que venha mais entrevistas desse tipo, que me faz ver cada vez mais como essa galerinha do mainstream é vazia.

Ricardo Philip disse...

Viagem total!

Para ler de madrugada!
http://criticandonamadruga.blogspot.com.br/

Felipe M. Guerra disse...

ALEX H, é que já tínhamos conversado sobre cinema brasileiro nos dias anteriores e eu falei para ele o quanto odiava o Glauber. Inclusive tentei melhorar o gosto do Maneglia por cinema nacional presenteando-o com alguns DVDs do Zé do Caixão.

Fernando Terroso disse...

Tudo bem Guerra ?

Gostaria de fazer parceria ?

filmelixo.blogspot.com

Abraço.