terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Os MEUS melhores de 2009

Chega essa época do ano e é comum que todas as revistas, jornais, programas, sites e blogs elejam os seus melhores filmes de 2009. Eu nem ia fazer nada do gênero, mas como estou com o blog desatualizado há algumas semanas, resolvi tapar o buraco com os MEUS melhores de 2009.

Alguns filmes confirmados aparecem, outros que todo mundo pagou pau eu não achei grande coisa (como "Milk" e "Arraste-me para o Inferno"). Por outro lado, resolvi incluir na relação algumas obras meio "suspeitas", mas que na minha concepção débil mental são divertidas o suficiente para ficar entre as melhores do ano - afinal, cinema também é para rir, não só para chorar e "contemplar". hehehe

Este ano eu vi 196 filmes, sem contar, é claro, todos os que eu revi. E mesmo assim não vi tudo que eu queria (mas, ora bolas, ficar vendo filme não é tudo que importa nessa vida! hahaha). Alguns que não tive tempo de ver provavelmente entrariam neste "Top 2009", mas neste caso simplesmente ficarão postergados para 2009. Outros eu fiz questão de boicotar ("Anticristo", "Avatar"...), e não me arrependo nada.

Seguem, então, os MEUS melhores de 2009, com uma simplória brincadeira matemática para justificar sua presença na relação. Ah, em tempo: não existe uma ordem de preferência, optei pela alfabética para ninguém pensar que tal filme é o primeirão e o outro é o azarão. Vale explicar, ainda, que alguns são de 2008, mas eu só vi no cinema este ano.


BASTARDOS INGLÓRIOS (Inglorious Basterds, 2009, EUA. Dir: Quentin Tarantino)
Tarantino + tarantinices + Segunda Guerra Mundial + elenco fantástico + Hitler metralhado por Eli Roth = A grande obra-prima do diretor (e do ano também)




DEAD SNOW (idem, 2009, Noruega. Dir: Tommy Wirkola)
Sangue + tripas + neve + zumbis nazistas = Um "Zombie Lake" divertido




DEIXE ELA ENTRAR (Låt Den Rätte Komma In, 2008, Suécia. Dir: Tomas Alfredson)
Crianças + sangue + fotografia deslumbrante + roteiro originalíssimo = O filme de vampiros que "Crepúsculo" quer ser quando perder o cabaço




DISTRITO 9 (District 9, 2009, EUA/Nova Zelândia. Dir: Neill Blomkamp)
"A Mosca" + "Inimigo Meu" + "Missão Alien" = A ficção científica "quase B" que deu um laço em "Star Trek" e "Avatar"




DOGHOUSE (idem, 2009, Inglaterra. Dir: Jake West)
"Buddy movie" + piadas machistas + mulheres-zumbis = E quem diabos lembra de "Zombieland"?




GRAN TORINO (idem, 2008, EUA. Dir: Clint Eastwood)
Clint em auto-paródia + diálogos espirituosos + final inesperado = O filmaço que Charles Bronson estaria fazendo se estivesse vivo




GUERRA AO TERROR (The Hurt Locker, 2008, EUA. Dir: Kathryn Bigelow)
Guerra do Iraque + "Máquina Mortífera" + explosões + suspense de roer as unhas = O melhor filme de guerra em muito, muito tempo





HARRY BROWN (idem, 2009, Inglaterra. Dir: Daniel Barber)
"Desejo de Matar 3" + "Gran Torino" + Michael Caine super-cool = O filmaço que Charles Bronson estaria fazendo se estivesse vivo (Parte 2)




O LUTADOR (The Wrestler, 2008, EUA. Dir: Darren Aronofsky)
Mickey Rourke ressuscitado + Darren Aronofsky + sangue, suor e lágrimas = O grande injustiçado do Oscar 2009




MARTYRS (idem, 2008, França. Dir: Pascal Laugier)
Violência explícita + história perturbadora + 3 reviravoltas inesperadas = Um terror pesado que não sai mais da cabeça




MAU DIA PARA PESCAR (Mal Dia Para Pescar, 2009, Uruguai. Dir: Álvaro Brechner)
"Nove Rainhas" + "O Lutador" = Mais uma sova dos nossos hermanos uruguaios no país do "Salve Geral" e "Lula, O Filho do Brasil"




QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO? (Slumdog Millionaire, 2008, Inglaterra. Dir: Danny Boyle)
Pobreza + risadas + lágrimas + amor impossível - excesso de Oscars = Um melodrama fantástico para quem não tem paciência para a novela das oito




RELIGULOUS (idem, 2008, EUA. Dir: Larry Charles)
Bill Maher afiado + piadas cáusticas com todas as religiões + líderes religiosos pagando mico = Comédia impagável sobre tema espinhoso, que obviamente passou em branco no "maior país católico do mundo"




SE BEBER NÃO CASE (The Hangover, 2009, EUA. Dir: Todd Phillips)
Adultescentes + sacanagem + Zach Galifianakis - vergonha na cara - politicamente correto = A comédia mais engraçada do ano.




VÍCIO FRENÉTICO (Bad Lieutenant - Port of Call: New Orleans, 2009, EUA. Dir: Werner Herzog)
Werner Herzog doidão + Nicolas Cage doidão + velhinhas ameaçadas com revólver = Um excelente policial com humor negro que nem dá saudade do original de Abel Ferrara




WATCHMEN (idem, 2009, EUA. Dir: Zack Snyder)
Adaptação fiel da HQ + qualidade do texto - Zack Snyder - defeitos evidentes = Um novo padrão de "filme de super-herói para adultos"



MENÇÃO HONROSA:
* INIMIGOS PÚBLICOS (Public Enemies, 2009, EUA. Dir: Michael Mann)
* THE SNIPER (Sun Cheung Sau, 2009, Hong-Kong. Dir: Dante Lam)
* SEGURANDO AS PONTAS (Pinneapple Express, 2009, EUA. Dir: David Gordon Green)
* ZOMBIELAND (idem, 2009, EUA. Dir: Ruben Fleischer)
* JCVD (idem, 2008, Bélgica/Luzemburgo/França. Dir: Mabrouk El Mechri)
* 500 DIAS COM ELA (500 Days of Summer, 2009, EUA. Dir: Marc Webb)
* A ÚLTIMA CASA (The Last House on the Left, 2009, EUA. Dir: Dennis Iliadis)
* EU, ELA E MINHA ALMA (Cold Souls, 2009, EUA/França. Dir: Sophie Barthes)
* FANBOYS (idem, 2008, EUA. Dir: Kyle Newman)

49 comentários:

Thomas Alex disse...

Felipe vou te dar duas sugestões de filme nacional pra vc assistir esse ano, Tropa de Elite 2 e Segurança Nacional - A Ameaça, que tem um grande elenco com Thiago Lacerda, Milton Gonçalves, Gracindo Jr e aquel castelhano vilão do último filme do 007.

Ibertson Medeiros disse...

Bela lista e gostei do resumo de cada filme hehehe.
Filme que recomendo e que quero ver um texto seu aqui no blog, caprichado, em um futuro próximo (O mais rápido possível hehehe): Black Dynamite, sátira dos filmes blaxspoitation. Impagável!

João Pires disse...

Grande lista... Ainda não vi Harry e Dog House, mas acho que o Tarantino tornou-se unanimidade entre quase todos... e não discordo disso.

Se Beber Não Case achei "superhypado"... acabei me decepcionando.

Adorei o Eastwood em Gran Torino, mas não gostei muito do final...meio clichê para este tipo de filme...

Quando fiz minha lista não considerei Martyrs de 2009, mas se considerasse estaria no meu Top 3...

aBS

Felipe M. Guerra disse...

JOÃO, sabe que eu não achei o final do Gran Torino clichê? Quer dizer, eu imaginava o que ia acontecer, mas pensei realmente que o Eastwood antes iria detonar a gangue inteira, à la Bronson em "Desejo de Matar 3". Felizmente, optaram por um final mais realista e corajoso.

Vagno Fernandes disse...

E aí Guerra, gostei da lista, apesar de ter uns filmes que não vi ainda. Agora, por que você considera pagação de pau em cima de Avatar e Anticristo? Bastardos, Distrito 9, Gran Torino, Se beber Não Case, por exemplo também não têem pagação de pau?

Vagno Fernandes disse...

Errei lá em cima foi o Milk e Drag-me to Hell, que você falou que pagam pau. Mas o restante da minha pergunta é a mesma. Não tem pagação de pau também em cima de Bastardos, Distrito 9, Quem quer ser um Milionário, Gran Tourino?

Allan Verissimo disse...

Estranho o Felipe não ter visto ATIVIDADE PARANORMAL e O LEITOR...

Mas fique longe de ABRAÇOS PARTIDOS, que é uma bosta!

Allan Verissimo disse...

Conselho para o Felipe: que tal publicar na semana que vem uma lista dos filmes que você está mais ansioso para ver em 2010, e com justificativas?

Matheus Ferraz disse...

Eu nunca vou me perdoar por ter perdido Deixe Ela Entrar nos cinemas. Pensei em fazer uma lista dos melhores também, mas eu quase não assisto filmes novos. E eu achei que você não tinha gostado de Zombieland e A Última Casa.

Allan Veríssimo disse...

E eu não pude ver DEIXE ELA ENTRAR porque aqui em Santos o filme simplesmente não estreou em nenhum cinema!

Felipe M. Guerra disse...

VAGNO, talvez eu não tenha me explicado direito. Obviamente que todos estes filmes citados tiveram pagação de pau, mas eu boicotei Avatar porque não gostei do trailer (e do excesso de comentários tipo "revolução do cinema", os mesmos comentários que fizeram quando saiu Capitão Sky e o Mundo do Amanhã, e ninguém mais lembra desse filme), e Anticristo porque é daquele diretor xarope de quem eu me recuso a ver qualquer filme.

O que eu quis dizer, talvez sem me explicar direito, é que boicotei esses filmes cuja pagação de pau é mais um oba-oba em cima de diretores (Cameron, LVT) do que propriamente pelos méritos das obras em si.

Felipe M. Guerra disse...

MATHEUS, eu gostei de Zombieland e de A Última Casa, mais até do que de Arraste-me para o Inferno, mas não achei nenhum deles tão extraordinário quanto os comentários maravilhados que li por aí. Fico com Dead Snow e Doghouse no lugar de ambos.

Felipe M. Guerra disse...

VAGNO (de novo), eu falei da pagação de pau por Milk e Arraste-me para o Inferno porque acho que fui um dos únicos a dizer que não achou nenhum dos dois grande coisa. Toda a imprensa especializada (e a blogosfera também) ficou maravilhada com ambos, por isso falei em "pagação de pau".

O Sean Penn pode estar maravilhoso em Milk, mas o filme é fraquinho e com narrativa primária. Não achei justo o Penn ter tirado o Oscar de Melhor Ator do Mickey Rourke, esse sim merecia.

Quando ao Arraste-me, fico louco toda vez que leio comentários tipo "Sam Raimi de volta às origens". Ele fez um filme de terror fuleiro antes (O Dom da Premonição) e passou em branco. E outra: acho que se ele tivesse mesmo voltado às origens, faria um filme com pouco dinheiro e muito sangue e nojeira à moda antiga, e não com efeitos por computador.

Thomas Alex disse...

Sua lista ficou boa, falta uma minoria desses filmes pra mim assistir, quero ver um texto seu sobre o filme Segurança Nacional - A Ameaça aqui no seu blog, ok?
O elenco é estrelado por Thiago Lacerda, Ailton Graça, Gracindo Júnior, Angela Vieira e Milton Gonçalvez encarna o presidente da República.
O filme é dirigido por Roberto Carminatti.

Leandro Caraça disse...

Sinto muito, mas "Quem Quer ser um Milionário" e "Watchman" não dá mesmo.

Allan Verissimo disse...

>Pobreza + risadas + lágrimas + amor impossível - excesso de Oscars

Achou os 8 oscars de QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO? um exagero?

Raphael Café disse...

Olá Felipe, tudo bem? Adorei teu blog!

Sou colaborador do site cinedica.com.br e gostaríamos de comentar que no dia 17 de janeiro, as 22 horas, iremos agitar um bate papo em nosso site em função da cerimônia do globo de ouro e gostaríamos muito de contar com a presença de vocês e de seus usuários.
Nosso site é feito por amantes e para amantes da sétima arte. Somos contra a pirataria e amamos falar sobre cinema.
Dia 17 é um dia especial pois a cerimônia será mostrada ao vivo via canal TNT e não existe um lugar onde quem curte essa premiação possa debater via mensagens, os acontecimentos, ao vivo, que se seguem.
Gostaríamos de saber se você pode nos ajudar com a divulgação desta nossa iniciativa.
Nós rodamos a internet para encontrar sites interessantes e que fazem parte de nossa filosofia.
Você pode conhecer um pouco desta idéia pelo link: http://www.cinedica.com.br/filmes/cinefest.php
Desde já agradecemos e aguardamos uma resposta.

Atenciosamente, equipe CineDica.

rp@cinedica.com.br

Carlos André Krakhecke disse...

Da lista em si, não gostei de Watchmen, o filme decepcionou, se o mesmo roteiro fosse executado por um diretor bom teria sido um ótimo filme. Zack Snyder conseguiu traduzir exatamente a melhor HQ de todas e fazer um filme médio.

João Pires disse...

Felipe, nos extras do Drag me to hell dá pra ver que muita coisa foi feito nos moldes antigos...como na cena que jorra sangue do nariz da velhinha...

Acho que hj em dia o efeito do computador é mais rápido e mais barato (para eles talvez) do que o convencional...por isso quase todos optam por no minimo um tratamento digital...

O Dom da Premonição, se não me engano, foi rodado em 10 dias antes do primeiro Homem Aranha...

Também não sou paga pau de nenhum diretor, inclusive sou sempre apedrejado quando digo que a filmografia do Romero é mediana...pra mim o que importa é mesmo o filme... partindo deste pensamento ignoro que LVT seja um babaca,e afirmo que Anticristo foi uma surpresa, pois achei que ia odiar o filme....

Ma sá que importa mesmo é que Bastardos foi o melhor do ano e tivemos boas surpresas com Deixe Ela Entrar e Martyrs.....

Felipe M. Guerra disse...

CARLOS, eu acho que gostei do Watchmen porque, vindo do Zack Snyder, eu imaginava algo bem pior (odiei "300", por exemplo). Sim, trata-se de um filme com defeitos evidentes, problemas de ritmo, aquele exagero desnecessário nas cenas de luta (que acaba com o "realismo" proposto na HQ), mas ainda assim acho que ficou melhor do que eu esperava, e também achei melhor que os dois últimos filmes do Batman, que todo mundo vem endeusando.

JOÃO, meu caso com Arraste-me para o Inferno é complexo. Vai ver eu realmente esperava um grande filme de horror por causa de todos os comentários maravilhados, mas o que eu vi foi apenas um filminho bem banal que qualquer outro imitador do Raimi podia ter dirigido. E nada memorável, não sei como ele vem aparecendo em todas as listas de melhores do ano (pelo jeito, foi um ano beeeem fraco). Tem pouco, muito pouco ali lembrando o Raimi da série "Evil Dead", acho que ele devia ter explorado mais o roteiro e menos a parte técnica do filme.

Just Daniel disse...

Lista legal, apesar de DISTRITO 9 q pra mim é sem dúvida o filme mais superestimado da década.

E todos A Mosca, Inimigo Meu e até Missão Marte são bem melhores q ele! hehe.

Just Daniel disse...

Erro: Missão Alien

Just Daniel disse...

"Adaptação fiel da HQ"

O q prova q não é isso q faz uma adaptação de HQ ser boa ou ruim. :D

E to louco parfa ver esse RELIGULOUS inteiro desde q vi algumas partes na tv a cabo. Parece ser mais engraçado q os dois Borats q o Charles fez, juntos.

Matheus Ferraz disse...

Como já foi provado pelo excelentíssimo Sr. John Millius, fidelidade à obra original não é tudo.

Rompo meu boicote com o Visionário quando o Felipe romper o dele com Avatar.

Felipe M. Guerra disse...

MATHEUS, então vai demorar... hahaha. Mas se serve de consolo, o Watchmen é melhor que a outra obra de quadrinhos do "visionário".

Matheus Ferraz disse...

Prefiro O Assassinato da Mulher Metal, obrigado.

Carlos André Krakhecke disse...

Acho que as adaptações de quadrinhos nos cinemas tem o grave defeito de transpor para a tela muitos defeitos das próprias HQs, falando especificamente dos super-heróis. Você demonstra em seu blog, e com razão, que uma das medidas que você utiliza para avaliar um filme é a sua expectativa sobre o mesmo. Apesar do "visionário" não ter nada de visionário, uma vez que seus filmes eram uma releitura de um clássico do Romero com zumbis atletas e uma adaptação de 300 ao estilo Sin City super colorido, e sem graça. Mas ainda assim a expectativa era de ver Watchmen na telona, foi uma vergonha, 3 horas de filme e só os créditos inicias merecem os parabéns.
As adaptações de HQ me parecem melhores quando o filme sai e quase ninguém sabe que aquilo veio de um quadrinho. Melhor ainda quando uma HQ serve apenas de inspiração, tal como foi com Estrada para Perdição, inspirada no quadrinhos japonês Lobo Solitário.

Melhor parar de divagar.

Felipe M. Guerra disse...

VAGNO, concordo com tudo que você escreveu. Inclusive comentei em algum lugar, onde discutiam sobre Watchmen, que o Zack Snyder nem devia ter ganhado crédito de direção, já que simplesmente filmou os quadrinhos do jeitinho que eles foram escritos e desenhados na graphic novel, com algumas miseráveis mudanças para pior (o excesso de malabarismos nas cenas de luta, o final diferente que só eu aparentemente não gostei...).

Continuo achando que Watchmen renderia melhor como minissérie, mas do jeito que está ficou o mais perto possível de uma adaptação fiel - a mesma coisa que Robert Rodriguez fez com Sin City: "Vamos filmar os quadrinhos do jeito que eles estão no gibi para ninguém pode reclamar de falta de fidelidade com a fonte".

Mas, em se tratando de adaptações de gibi, concordo com você: "Homem de Ferro", por exemplo, é um filmaço que ninguém precisa conhecer os quadrinhos para curtir. Ao contrário do Watchmen.

Vagno Fernandes disse...

Vagno, sou eu Guerra, acho que você tá respondendo ao Carlos André sobre Watchmen, né? Caramba acho que você ficou bem traumatizado mesmo com esse filme do Sam Raimi, ahahaha. Eu até que achei legalzinho, acho que foi por esperar só um filme normal e não "A VOLTA DO VERDADEIRO TERROR", hehe. Agora fiquei curioso... não dava pra você publicar as suas Top Bombas de 2009? E Homem de Ferro achei ruinzão pra caramba, hein.

Felipe M. Guerra disse...

Ops, confundi CARLOS ANDRÉ com VAGNO, foi mal... Mas então, ANDRÉ, não fiquei traumatizado com "Arraste-me para o Inferno", até achei o filme legalzinho e tudo mais, só fiquei curioso com esse excesso de idolatria por um filme super-hiper-mega banal que, com o nome de qualquer outro diretor, seria lançado direto em vídeo com um nome estúpido e uma capinha photoshopada. Aliás, se essa é a "volta de Sam Raimi às origens", prefiro que ele continue fazendo seus filmes de super-herói (se bem que ele já foi demitido da franquia do Homem-Aranha...).

Matheus Ferraz disse...

Outro dia assisti "Brazil" e fiquei imaginando como seria se AQUELE cara fizesse Watchmen, como estava planejado. Então teríamos alguém para dirigir de fato, não um Visionário para copiar quadro a quadro. Eu acho que esse negócio de fazer o filme idêntico aos quadrinhos é igual à privada do Duchamp: funciona da primeira vez (Sin City) porque o que vale é o conceito, a partir daí fazer de novo é punhetagem.

E por que ninguém colocou Busca Implacável em nenhuma lista dos melhores?

Felipe M. Guerra disse...

BUSCA IMPLACÁVEL é de 2008. E estava na minha lista de melhores daquele ano.

Matheus Ferraz disse...

Realmente, acho que peguei a data de lançamento em vídeo - ou pelo menos a data em que chegou na locadora da esquina.

O filmaço que Charles Bronson estaria fazendo se estivesse vivo (Parte 3)

Fotograma Digital disse...

Pow ... lista bem interessante mesmo (apesar do filme dos indianos que realmente não me desceu). Não sei se vc viu, mas indicaria Fita Branca, Mother, Vencer/Vincere e Moon.

E Martyrs é docar... mesmo.

Allan Veríssimo disse...

Eu adoraria saber o que a protagonista de MARTYRS disse para a velha. Não deve ter sido coisa boa para a velha fazer o que fez no final do filme...

Fotograma Digital disse...

Allan, essa é a graça ... aliás Martyrs é um filme que se um dia vier pra cá é obrigação comprar. Impressiona visualmente e psicologicamente como o Felipe disse fica dias a fio na sua cabeça.

Felipe M. Guerra disse...

Dias?? Estou com MARTYRS na cabeça desde o começo do ano! Filme filha da puta que deixa o cara chocado e indignado com o quanto o ser humano pode ser desgraçado com seus semelhantes...

Carlos André Krakhecke disse...

Vendo esse blog voltei a ter vontade de escrever sobre cinema. Da uma conferida la www.carlosandre.com

Allan Verissimo disse...

O massacre da familia no começo de MARTYRS me pegou de surpresa e me deixou chocado. Caramba, matar os pais, os que causaram dor a ela no passado tudo bem, mas para que matar as crianças?

Allan Verissimo disse...

Felipe, o RELIGULOUS não foi lançado em dvd no Brasil, mas costuma passar no canal HBO 2.

Matheus Ferraz disse...

Harry Brown foi lançado no Brasil?

Allan Verissimo disse...

BASTARDOS INGLÓRIOS e GUERRA AO TERROR perderam o Globo de Ouro de Melhor Filme para AVATAR. Não existe justiça nesse mundo...

Em contrapartida, fico feliz com a vitória de Christopher Waltz.

Carlos André Krakhecke disse...

Achei Inimigos Públicos uma droga, comentei sobre ele agora no meu blog. www.carlosandre.com

Felipe M. Guerra disse...

Não achei uma droga, mas ficou aquém das minhas expectativas, ainda mais quando se trata de um filme de Michael Mann - um dos grandes cineastas contemporâneos. É comparar com "Fogo Contra Fogo" para se decepcionar bastante.

Seiler disse...

Olá
gostei da lista, só não entendi o que Quem quer ser um milionario? está fazendo aí.
O filme não é nada inovador, não prende atenção e tem uma direção taõ apatica. Não gostei.
Ah... pra contrariar o melhor filme ke assisti ano passado foi....ANTICRISTO!.

Felipe M. Guerra disse...

SEILER, eu gostei bastante do filme. Não tenho vergonha de assumir que, de vez em quando, gosto de assistir um dramalhão, tipo esse e "À Procura da Felicidade" (ninguém é perfeito, sabe como é...). Só não curto aqueles dramalhões lacrimosos sobre doenças terminais e tal, mas o resto encaro numa boa. Por isso curti o "Quem Quer Ser Um Milionário": gostei dos personagens, da situação, do drama vivido pelo protagonista, até emociona aqui e ali; a direção também é boa (sei que muita gente não vai concordar), e o filme ainda tem o mérito de ser MUITO melhor que o livro, esse sim uma baboseira sem tamanho.

Seiler disse...

Aproveito para deixar aqui alguns filmes que assisti e gostei no ano passado: 1- anticrito 2- hedwig 3- apenas uma vez 4- mistérios da carne 5-shortbus 6-dançando no escuro 7-regras da atração 8-velvet goldmine 9-o experimento 10-[rec] 11-desejo e reparação 12-atividade paranormal 13-half nelson 14-watchman 15-eu sou a lenda
obs: não são filmes necessariamentes feitos naquele ano e sim filme que tive a oportunidade de assistir .

AdrianO)))Garcez disse...

Vou fazer por partes, e falar dos menores gore. Mas só um adendo para Bastardos Inglórios: um ótimo filme, Aldo Rayne é foda, mas tá longe de ser um dos melhores de Tarantino.

Dead Snow - no começo do filme fica naquela comédia insossa e besta que infelizmente muitos filmes de zumbis atuais estão seguindo. Porém, do meio pro fim é incrível!! É uma verdadeira legião de zumbis nazistas. Direção incrível, principalmente nas cenas mais gore.

Deixa Ela Entrar - vc disse td. é o filme que Crepusculo quer ser qdo perder o cabaço. Adorei o fato de uma vampirinha ser aquela que faz com que Oskar vire um homem, e deixe de ser chacota na mão dos bullys. A cena da piscina é fodarassa, e dá um senso de vingança loucoo..

Doghouse - cai no problema da piadinha zumbi q falei antes, mas aqui é pior. É bacaninha, e só.

Martyrs - acabei de assistir e estou embasbacado. Filme pesado pra caralho e extremamente foda!! Foi uma das maiores revelações nos últimos tempos, e as reviravoltas realmente nos deixam dispertos o tempo todo. Consegui sentir a agonia da personagem. Apesar de terem propostas diferentes, é td o q Jogos Mortais sempre quis ser. E que veia zé buceta! kkk .. vai fazer td acontecer novamente. O pior que às vezes dá vontade de ficar do lado dessa velha, pq ela tem um argumento q chega a ser fácil engolir, apesar de cruel.

Religulous - menção especial: esse filme é impagável! kkk

Lu disse...

O q me doi é saber q não vou conseguir assistir martyrs e deixa ela entrar já q não encontrei em lugar algum na cidade inteira e sequer para baixar eu achei.Se alguma alma solidária tivesse um link pra baixar seria pedir demais?