quinta-feira, 5 de março de 2009

E quem quer saber de WATCHMEN?

Algumas adaptações de quadrinhos que eu REALMENTE estou morrendo de curiosidade para ver:


JONAH HEX (2010, dir: Jimmy Hayward)
Imagine um faroeste ultraviolento onde o "herói" é um pistoleiro sanguinário e rápido no gatilho que tem metade da cara desfigurada. Este é Jonah Hex, que está ganhando sua primeira adaptação cinematográfica - e que, dependendo do talento dos envolvidos e de um bom roteiro, tem tudo para ser ótimo. O casca-grossa Josh Brolin já foi confirmado como "a meia cara boa" de Hex, e o elenco também terá, segundo as primeiras informações, Megan Fox como mocinha e John Malkovich como vilão (um rico fazendeiro cujo filho é morto pelo pistoleiro e usa vodu para se vingar, o que promete o tom sobrenatural típico das histórias de Jonah Hex). O "senão" é o diretor confirmado, Jimmy Hayward. Este é seu primeiro filme com atores, sendo que antes ele trabalhou apenas em animações por computador para o público infantil (a última delas foi "Horton e o Mundo dos Quem"). Ou seja, não tem o perfil necessário para um filme destes, ainda mais considerando que os candidatos anteriores eram Lexi Alexander ("Punisher: War Zone") e a dupla Mark Neveldine e Brian Taylor ("Adrenalina").
• O que eu espero: Uma versão sombria e hiperviolenta do universo dos bons spaghetti western, com um anti-herói nada bonzinho lutando contra inimigos ainda piores do que ele.




DEAD OF NIGHT (2009, dir: Kevin Munroe)
A adaptação "oficial" do personagem italiano Dylan Dog (o "Detetive do Pesadelo") para as telas tinha tudo para ser um filmaço, mas as últimas notícias me deixaram meio cabreiro. Primeiro, trocaram o título de "Dylan Dog" para o genérico "Dead of Night". Depois, David R. Ellis foi substituído na cadeira de diretor por Kevin Munroe (que fez a animação por computador "As Tartarugas Ninjas - O Retorno"), e Munroe também assinará o roteiro do projeto. Resultado: apesar de a trama se inspirar numa das boas histórias do personagem ("O Despertar dos Mortos-vivos", lançada no Brasil ainda nos tempos da Editora Record), e trazer zumbis, que estão na moda, como antagonistas, Munroe já alertou sobre algumas mudanças burras em relação aos quadrinhos, como a mudança de local de Londres para os Estados Unidos, e a contratação de Brandon Routh (o Superman de Bryan Singer) como Dylan e Sam Huntington como seu eterno parceiro, Groucho. Hmmmm... Cheiro de "Constantine" no ar! Agora é esperar para ver de que jeito Munroe vai destruir uma história que, adaptada de forma razoável, pode render pelo menos um bom filme de terror. E sempre lembrando que Dylan Dog já foi levado às telas, de maneira "disfarçada", no excelente filme italiano "Pelo Amor e Pela Morte", de Michele Soavi, lançado em 1994. Embora interpreta um personagem chamado Francesco Dellamorte neste filme, o ator Ruper Everett estava idêntico ao Dylan Dog dos quadrinhos (foto abaixo), coisa que a versão norte-americana dificilmente conseguirá fazer.


• O que eu espero: Considerando as mudanças toscas já anunciadas, espero que pelo menos o diretor consiga manter o tom sangrento e de humor negro das aventuras dos quadrinhos. E eu sei que é difícil, mas se sair algo pelo menos perto de "Pelo Amor e Pela Morte" (que também tomava muitas "liberdades poéticas" em relação aos quadrinhos, já que não era uma adaptação oficial) já está bom demais!




THOR (2010, dir: Kenneth Branagh)
Uma adaptação de um herói da Marvel com um diretor realmente decente no comando? Hmmm, a última vez que eu vi isso o resultado foi o péssimo "Hulk" do Ang Lee... Mas eu levo fé no Kenneth Branagh, que não deve ter feito nem três filmes ruins numa carreira repleta de trabalhos interessantes. Branagh, por sinal, assumiu a cadeira vaga deixada por Matthew Vaughn. Ainda não há protagonista confirmado para viver o Deus do Trovão, mas já se sabe que o roteiro foi adaptado para poder se encaixar no universo do longa-metragem dos Vingadores (previsto para 2011). Anteriormente, a trama se passava totalmente na terra mágica de Asgard, o reino dos deuses onde vive o herói. Para criar uma "ponte" com o filme dos Vingadores e trazer Thor ao mundo real, entrou no roteiro a "versão humana" do herói, o médico Donald Blake. Será que vai funcionar? Pelo menos uma coisa é certa: Branagh não é do tipo que se deslumbra com efeitos especiais (é só ver sua versão de "Frankestein"). Assim, pelo menos, não teremos um Thor lutando o tempo inteiro contra monstros de CGI em cenários criados por computação gráfica, como faria um videoclipeiro qualquer.
• O que eu espero: Um filme de super-heróis mais sério e inteligente e menos colorido e barulhento, graças à direção de Kenneth Branagh.




THE FIRST AVENGER - CAPTAIN AMERICA (2011, dir: Joe Johnston)
As primeiras notícias me deixaram apavorado (principalmente aquela que dava como certa a participação de, argh!, Will Smith no papel-título), mas ultimamente o novo filme do Capitão América é o que eu espero com mais ansiedade. Ao que parece, ao contrário daquela bomba dirigida por Albert Pyun no início dos anos 90, o filme se passará mais durante a Segunda Guerra Mundial do que nos tempos atuais, mostrando como o soldado magrela Steve Rogers se transforma no Capitão América para lutar contra o nazismo. Claro, o final deve levar o herói à época atual, também para fazer a ponte com o filme dos Vingadores (o título, "O Primeiro Vingador", já diz tudo!). O que mais me deixa entusiasmado em relação a este projeto é que não será nenhum Zack Snyder na direção, e sim Joe Johnston, apadrinhado do Spielberg que, em 1991, fez uma fantástica adaptação de quadrinhos que quase ninguém viu, "Rocketeer", que também se passava durante a Segunda Guerra Mundial.
• O que eu espero: Que o diretor Joe Johnston consiga fazer um filme mais humano e nostálgico, como já havia feito com "Rocketeer", e mais perto do clima de "Homem de Ferro" do que de "O Cavaleiro das Trevas".




THE ADVENTURES OF TINTIN - SECRET OF THE UNICORN (2011, dir: Steven Spielberg)
Como toda uma geração, eu cresci lendo as coloridas e divertidas aventuras do repórter de topete Tintin, criadas e desenhadas pelo belga Hergé. Ainda não tenho certeza se Steven Spielberg era realmente a melhor escolha para transformar os quadrinhos num blockbuster (que será feito como animação em 3D). Mas um detalhe que me deixa animado é a participação do inglês Edgar Wright (diretor de "Shaun of the Dead" e "Chumbo Grosso") como um dos três roteiristas. E dois atores-fetiche de Wright também estarão no filme, os engraçadíssimos Simon Pegg e Nick Frost, que emprestam suas vozes para os "quase gêmeos" detetives Dupont e Dumont (na versão em inglês, Thomson e Thompson). Já Tintin ficará com as feições de Jamie Bell. Boas notícias são a escolha da trama ("O Segredo do Licorne" era uma das histórias preferidas do falecido Hergé) e a presença de John Williams na trilha sonora.
• O que eu espero: Que o Spielberg não invente demais, não deixe o George Lucas sequer chegar perto do set e retorne aos tempos de "Os Caçadores da Arca Perdida", sem ser infantil demais.




PREACHER (2011?, dir: Sam Mendes)
Será que dessa vez vai? Em janeiro, a revista Variety anunciou oficialmente Sam Mendes (argh!) como diretor de "Preacher", filme baseado nos quadrinhos de Garth Ennis. Para dar uma idéia da enrolação do projeto, fala-se em adaptar o personagem para o cinema desde 2001, quando James Mardsen faria o papel-título e Samuel L. Jackson o demônio conhecido como Santo dos Assassinos. Desde então, o roteiro passou por tantas mãos, diretores e atores que parecia fadado ao limbo dos projetos problemáticos de Hollywood. Como o Constantine de Alan Moore (que foi transformado num filme bem aquém de seu potencial), "Preacher" também não é fácil de adaptar, considerando que mostra Jesse Custer, um pastor com superpoderes, caçando Deus pelos Estados Unidos, acompanhado pela namorada ninfomaníaca e por um vampiro irlandês, enfrentando adversários excêntricos como o Santo dos Assassinos, uma seita de fanáticos religiosos que protege o último descendente da linhagem sagrada de Cristo e até um rapaz deformado chamado... Cara de Cu!!! Os quadrinhos são tão violentos e amorais que eu sempre pensei que o filme era inadaptável (ainda mais em forma de blockbuster), mas a entrada do roteirista John August no projeto dá uma certa esperança, já que ele é acostumado com bizarrias (ele escreveu três longas de Tim Burton, entre eles "A Noiva Cadáver").
• O que eu espero: Na verdade, espero um desastre, ainda mais com Sam Mendes na direção. Mas a esperança é a última que morre, e creio ser mais fácil eles engavetarem o projeto pela milésima vez.



E o filme que eu gostaria de ver antes de comer capim pela raiz:


TEX WILLER
Sim, o pistoleiro implacável criado pelo italiano Giovanni Luigi Bonelli é um dos personagens de quadrinhos que eu mais gosto e religiosamente acompanho. E tem uma longevidade invejável: embora suas aventuras no Velho Oeste volta-e-meia se tornem repetitivas, a revista é publicada ininterruptamente desde 1948! Por isso é uma pena que a única adaptação cinematográfica tenha sido o fraquíssimo "Tex e o Senhor do Abismo", dirigido por Duccio Tessari em 1985. A produção era pobre, o roteiro era ridículo (baseado numa aventura mais "sobrenatural" do ranger) e o astro do spaghetti western Giuliano Gemma não convencia no papel-título. Portanto, estão devendo uma adaptação decente para todos os fãs do personagem. O filme do Tex que eu queria ver seria uma apresentação oficial do personagem, mostrando como um fora-da-lei se transforma em ranger, o início de sua amizade com o também ranger Kit Carson e, principalmente, o arco de histórias em que casa com uma jovem índia navajo, Lylith, transformando-se no "chefe branco dos índios", Águia da Noite. O filme poderia terminar com o nascimento do filho de Willer, Kit, e a morte da amada de Tex, dando o gancho para as futuras continuações. Um diretor sério e um roteirista decente poderiam fazer miséria com as aventuras do personagem, e é uma pena que ninguém mais tenha se interessado em investir no projeto, ainda mais depois do fiasco do filme anterior de Tessari.

42 comentários:

Allan Verissimo disse...

Comentarios:

-Brando Routh é um péssimo ator(o Superman dele perde feio comparado com o do Christopher Revve)
-Senhor Guerra,eu sei que já perguntei isso varias vezes,mas eu sei que voce gostou muito de HOMEM DE FERRO e espera com ansiedade os filmes do THOR e CAPITÃO AMÉRICA.Mas sem ofender:você já viu O INCRIVEL HULK do Louis Leterrier?Esse filme também é coligado com os três ultimos citados(tem até uma aparição-supresa de um certo personagem da Marvel que o senhor conhece no final).Ou seja,sem querer ser chato,mas se quise ver THOR e CAPITÃO AMÉRICA,o senhor terá que ver antes O INCRIBEL HULK também,que é melhor do que o filme do Ang Lee e é um filmaço que nem HOMEM DE FERRO.
-Eu adoro Tintin!Tenho quatro volumes da série na minha casa e vi todos os episodios daquela série em desenho que era bem legal.Tem tudo para ser um novo heroi no estilo INDIANA JONES.Claro,tem que ser sombrio e violento que nem os dois primeiros INDIANA.E,de preferencia,sem George Lucas...Os meus prediletos são A ORELHA QUEBRADA e o CASO GIRASSOL.E o seus?

Ibertson Medeiros disse...

O Incrível Hulk eu acho legal, com ótimas cenas de ação, mas não colocaria no mesmo patamar que Homem de Ferro. Sobre as adaptações, acho que vai bater o politicamente correto em Hollywood, como aconteceu com Motoqueiro Fantasma. Acha que eles vão investir rios de dinheiro em um filme que não deixe a criançada assistir? Sei não, mas vamos esperar. Também fiquei preocupado com a escolha de Routh para interpretar Dylan Dog. Lembra bastante Constantine mesmo. E acho que vão amarelar mesmo com Preacher. Era melhor a série televisiva da HBO que pretendiam fazer com alguns episódios dirigidos por Brian de Palma e David Cronenberg. Botava mais fé nesse projeto, mas até a HBO recusou, então, más notícias.

Ibertson Medeiros disse...

Boa notícia: O wrestler Paul Levesque, mais conhecido por Triple H, por boatos que vi por aí, vai interpretar Thor. Achei ótima a escolha. O cara parece mesmo.

Allan Verissimo disse...

"e mais perto do clima de "Homem de Ferro" do que de "O Cavaleiro das Trevas".

Mas,pelo que me lembro,o senhor achou O CAVALEIRO DAS TREVAS melhor do que HOMEM DE FERRO.O que o senhor quis dizer com isso?

Felipe M. Guerra disse...

Que os filmes de super-heróis não deveriam ser levados tão a sério.

"Homem de Ferro" pode não ser melhor, mas é muito mais divertido que "O Cavaleiro das Trevas".

Otavio disse...

Bom, na minha humilde opinião, o melhor filme de super-heróis continua sendo o Superman de 1978.

Allan Verissimo disse...

Realmente,as piadas de HOMEM DE FERRO são bem divertidas,assim como as piadas de O INCRIVEL HULK.
O jeito é torcer para que HOMEM DE FERRO 2,THOR,CAPITÃO AMÉRICA e OS VINGADORES sejam tão divertidos como os dois anteriores citados.
O problema que me faz ficar cabreiro com o Tintin é que além do Spielberg,o Peter Jasckson será o produtor.Ambos tem estilos completamente diferentes:enquanto Spielberg prima pelo lado mais humoristico e infantil(me refiro ao Spielberg bundão que pos aqueles finais felizes horrorosos em A.I,MINORITY REPORT,O TERMINAL,GUERRA DOS MUNDOS e INDIANA JONES E O REINO DA CAVEIRA DE CRISTAL,não do Spielberg corajoso e até demente dos velhos tempos de TUBARÃO e CAÇADORES DA ARCA PERDIDA),enquanto Jackson prima pelo lado mais sombrio e pelo humor negro,comforme foi visto na trilogia O SENHOR DOS ANÉIS e o remake de KING KONG.Será que vai dar certo?

Allan Verissimo disse...

>acho que vai bater o politicamente correto em Hollywood, como aconteceu com Motoqueiro Fantasma. Acha que eles vão investir rios de dinheiro em um filme que não deixe a criançada assistir?

BLADE era uma adaptação de quadrinhos,e definitivamente não era para crianças.

>"Homem de Ferro" pode não ser melhor, mas é muito mais divertido que "O Cavaleiro das Trevas".

Embora eu ache O CAVALEIRO DAS TREVAS o melhor filme da série,tenho que admitir que os do Tim Burton eram mais divertidos,em parte por que eu os vi na infancia.

Leandro Caraça disse...

DYLAN DOG = vai dar merda.

JONAH HEX = vai ser meia-boca. Preferia o Walter Hill ou o John Hillcoat no comando. Graças a Deus os dois idiotas que dirigiram CRANK e a mulher que fez o último filme do Justiceiro caíram fora do projeto.

PREACHER = Sam Mendes não dá !

TIN TIN = estou dividido. Minha parte anos 80 (esperançosa, ingênua) acha que ser ótimo. A parte anos 90 (cínica, madura e sempre com pé atrás) me diz que é melhor não perder tempo.

THOR e CAPITÃO = no Marvel Studios eu acredito. E pode ficar sossegado, que o filme o Thor será passado a maior parte em Asgard.

Outras adaptações para ficar e olho :

LANTERNA VERDE - Martin Campbell
SCOTT PILGRIM VS THE WORLD - Edgar Wright
KICK ASS - Matheww Vaughn

Bruno C. martino disse...

O problema é que no Dylan Dog nem vai ter o Groucho, Felipe! Os babaquinhas dos herdeiros dos Marx não permitiram, inclusive quando a revista é editada nos EUA ela sofre alterações, o Groucho perde o bigode e passa a se chamar Felix.

Eu estou muuuuuito com um pé atrás quanto a esse filme do Dylan. Pra mim deveria ser o Rupert Everett, que apesar de seus cinquenta anos ainda aparenta uns 30 e poucos. Ainda bem que ele é gay, eles se cuidam mais que os heteros! hahaha

E deveriam colocar o Gary Oldman de Xabarás. No PERDIDOS NO ESPAÇO ele tava a cara do Xabarás.

O Dellamorte na verdade era um livro do Sclavi que foi editado antes do Dylan e por isso parece até m embrião do personagem. Francesco e Dylan sempre estão enand montar coisas que nunca conseguem (um galeão de madeira e um crânio humano), ambos tem sidekicks que parecem comediantes famosos (Groucho Marx e Curly dos 3 Patetas), ambos dirigem um fusca...etc.

Estou fazendo mandinga pro filme do Dylan não existir. Fiz mandinga pro filme do Capitão Marvel e deu certo! :P

Acabei de ler a HQ ARQUEIRO VERDE ANO UM, na hora visualisei um filme bacana. Eu não conhecia muito bem o Arqueiro e passei a gostar dele.

Felipe M. Guerra disse...

Caraça, você tem razão: vamos fazer uma campanha para colocar o Walter Hill no comando do Jonah Hex!!!

Leandro Caraça disse...

Teve uma história onde o Dylan encontra o Dellamore.

E bom mesmo será a nova aventura de Mortadelo e Salaminho !!!

artur disse...

a adaptação de jonah hex vai dar merda, não vai ser que nem nos quadrinhos, é como de o ibertson "acho que vai bater o politicamente correto em Hollywood" concordo, acho que uma nova adaptação de tex tambem não vai prestar, os caras que adaptam as historias dos quadrinhos para as telas distoeçe muita coisa( vide o Homem-Aranha) e coloca na historia muitas coisas que não tem nada haver, Dylan vai dar merda, ainda mais que é o diretor do retorno das tartarugas ninja, desde de que vi filme de super-herois no seculo 21 que eu não espro mais nada com ansiedade.

Felipe M. Guerra disse...

Contanto que não adaptam aquelas histórias em que o Jonah Hex entra num túnel do tempo e vai parar num futuro pós-apocalíptico à la Mad Max, tudo bem... Vou continuar esperando o filme porque gosto muito do personagem, e acho que o Brolin é a carranca certa para o papel.

Quanto ao filme do Tex, é como eu disse: é só um sonho meu mesmo. Até já pensei em mil idéias para o roteiro, uma delas contaria a origem do personagem paralelamente ao desenrolar da história "El Muerto", que para mim é a preferida entre todas as aventuras do ranger. Mas esse filme teria que ser italiano, pois acho que o personagem nem é tão popular nos EUA quanto é na Itália e no Brasil. (Por que será que nunca fizeram um seriado de TV do Tex na Itália?)

Allan Verissimo disse...

O Tex eu só li uma historia e gostei muito,onde eles investigam um assassinato,e ai no final,eles enfrentam um bando de zumbis,mas não sei como a historia terminava,pois era dividade em capitulos.

Allan Verissimo disse...

Só falta o Spielberg querer adaptar VOO 714 PARA SYDNEY ondele o Tintin encontra ETS!
Caraça,eu simplesmente adoro as historias do Mortadelo e Salaminho,mas sinceramente,eu não acho que em filme é a mesma coisa.Os ferimentos dos personagens que nunca matam,os disfarces do Mortadelo,ou seja,o exagero dos quadrinhos pode ficar meio ridiculo em um filme.Eu só vi trechos do filme que foi lançado há alguns anos atras e sinceramente não gostei muito do que eu vi.

Allan Verissimo disse...

Algumas pistas já dadas pela Marvel sobre OS VINGADORES:

-No final de HOMEM DE FERRO,o personagem do Nick Fury aparece conversando com Tony Stark sobre o "projeto Vingadores";
-Em O INCRIVEL HULK,o personagem Emil Blonsky recebe um soro injetado em seu corpo para poder enfrentar o Hulk.É o mesmo soro que criou o Capitão América;
-No final de O INCRIVEL HULK,Tony Stark aparece conversando com o general Ross sobre uma possivel solução para o seu "problema incomum" e chega a dizer "Nós estamos fazendo uma equipe".Ross responde,"Nós quem?".E ai o filme acaba;
-Foi filmada uma cena que foi cortada da versão final,onde o Hulk vai para o Polo Norte e lá acaba encontrado o Capitão América congelado.

Agora o jeito é esperar os proximos filmes pra ver o que vai acontecer em seguida no universo dos Vingadores.

Allan Verissimo disse...

Novas noticias de Dead of Night:
http://www.cinemacomrapadura.com.br/noticias/14924/brandon_routh_e_sam_huntington_em_dead_of_night

João Pires Neto disse...

Adoro Dylan Dog.... mas o filme não pode ser brockbuster, tem que ter a essência dos quadrinhos, aquele ar underground...Pelo Amor e Pela Morte é um dos meus filmes favoritos...

Tin tin é a mesma coisa. Acho que os produtores tem grande dificuldade em captar a "alma" do original, tipo o que fizeram com o Speedy Racer. Não falo se é bom ou ruim, mas que não tem a essencia do original...

Ibertson Medeiros disse...

E TRIPLE X interpretando Thor? O que acham? Acho que seria bem bacana. Parece pacas com ele. Queria ver ele com o uniforme do Thor.

Kick-ass deve ser legal mesmo. Matthew Vaughn ainda não mostrou nenhum deserviço no cinema. Gostei de Layer Cake e me diverti muito com Stardust.

E Scott Pilgrim VS The World tem tudo para arrebentar. Edgar Wright é foda. Não esqueçam de Ant-Man, também do Edgar Wright, outro membro dos vingadores.

Felipe M. Guerra disse...

KICK-ASS eu acho que vai ser um filmão, só não coloquei na lista porque não conheço os quadrinhos em que ele se inspira.

Leandro Caraça disse...

O que estragou o primeiro filme do Mortadelo e Salaminho são as piadas de baixo escalão. De resto é igualzinho ao gibi e o exagero funciona bem.

KICK-ASS é um gibi muito superestimado. Porém, é divertido e violento pra caramba, do tipo 'uma menina de 10 anos esquartejando bandidos com uma katana'.

>Não esqueçam de Ant-Man, também do Edgar Wright, outro membro dos vingadores.

É verdade. Mas tenho dúvidas se vai sair ANTES do filme dos Vingadores.

Allan Verissimo disse...

Esse ai do Ant-man eu acho que não vai ter filme não,já que esse personagem não é tão famoso assim como os outros.
A Marvel já está com um problema,que é o fato de não saberem o que fazer com o Hulk:fazer um INCRIVEL HULK 2 com ele como heroi ou só fazer ele aparecer no VINGADORES como vilão(foi isso que o Louis Terrier disse no comentario em audio do dvd).E será que o Edward Norton vai aceitar participar de VINGADORES,já que ele ficou furioso com a Marvel não ter aceitado o corte final que ele queria pro filme.

Ibertson Medeiros disse...

Mas Ant-Man já está previsto para 2010.

Leandro Caraça disse...

>baixo escalão.

Quero dizer "baixo calão". A gripe forte tá me deixando mais xarope que de costume ... :(

>Mas Ant-Man já está previsto para 2010.

Se sair não vai ser em 2010. Tá muito em cima. O Edgar Wright ainda nem começou as filmagens de SCOTT PILGRIM. O mais certo é 2011 junto do filme do Capitão e dos Vingadores.

artur disse...

é cara mas quanto Hex, vão puxar mais para o lado do politicamente correto e não vai ser violento e amoral como nos quadrinhos e desde de que vi Homem-Aranha nunca mais esperei adaptações dos quadrinhos para as telas seja 100% fiel, os caras não tem essa fidelidade distorçem muitas coisas, mas segundo o Leandro Caraça no blog VIVER E MORRER NO CINEMA o Homem de Ferro foi adaptado fielmente dos quadrinhos, quanto ao filme do tex, não codeno tanto, acho que saiu coisa boa, embora não seja fã de historias fantásticas, dizem que os caras foram fieis aos quadrinhos, e não acho que devemos avaliar o filme so pelo roteiro,quanto a Hex espero que os caras mantenham a fidelidade, felipe tenho 2 duvidas e gostaria que você me respondesse, o que é exatamente um diretor videoclipeiro e porque CANNIBAL HOLOCAUST é um filme tão polemico?

Allan Verissimo disse...

>porque CANNIBAL HOLOCAUST é um filme tão polemico?

Infelizmente não vi esse filme,mas baseado no que já ouvi falar vou chutar:será o fato de que as mortes são graficamente realistas a ponto de parecerem ser de verdade e chega a mostrar animais sendo mortos de verdade ao melhor estilo APOCALYPSE NOW?

Felipe M. Guerra disse...

Bom, em resposta às perguntas:

* Diretor videoclipeiro pode ser tanto um cabeça-de-bagre saído do mundo dos videoclipes e que acredita ser cineasta (exemplos: os diretores do "Eu Sou a Lenda" e "A Cela"), mas continua filmando tudo e editando como se fosse um videoclipe; ou então um diretor que nunca fez videoclipes, mas dirige filmes com tantos cortes por segundo que até parece um videoclipe (ex: Michael Bay).

* Já Cannibal Holocaust é polêmico porque este povo não tem nada pra fazer e fica cheio de nhé-nhé-nhé. Tem muito filme bem mais sujo, violento e chocante que o do Ruggero Deodato!

artur disse...

acho que esses dirtetores de videoclipes e os que não dirigiram, mas dirigem um filme como se fosse um clipe, são diretores inexperientes e ainda o filme fica pior se o roteiro não ajudar, pois muitos roteiros não explicam bem a trama, Vide Dia de Treinamento com o Denzel Washingnton. o filme não expilca direito que o personagem do Denzel é um policial corrupto so depois que eu soube disso, durante uma conversa sobre o filme, achei que o motivo de CANNIBAL HOLACAUST ser pôlemico era por outros motivos,a crítca "seria" leva muitos filmes a serio demais, é como você mesmo disse no texto de rambo 4, leva-lo a serio seria o mesmo que levar a burtalidade do Dirty Harry a serio, é por isso que sempre gosto mais do veredicto da plateia do que da crítca "seria".

Allan Verissimo disse...

EU SOU A LENDA até que foi um filme legalzinho,embora o final foi horroroso.
Um exemplo perfeito da edição tipo videoclipe que Michael Bay fez foi em TRANSFORMERS.

Bruno C. Martino disse...

O grande problema de EU SOU A LENDA é que o final desvirtua totalmente a mensagem da obra original e o próprio título do filme. O maldito do Akiva Goldsman está ficando perito nisso, fez a mesma coisa no Código Da Vinci.

Felipe M. Guerra disse...

E além deste grande problema do final, os caras destruíram completamente aquelas belas cenas iniciais da Nova York devastada no momento em que apareceram os ridículos mutantes de CGI, que pareciam saídos da série "A Múmia".

Allan Verissimo disse...

Os mutantes realmente me pareceram piores do que os monstros da série A MUMIA.Mas o carisma do Will Smith faz desse um filme legalzinho.

>Tem muito filme bem mais sujo, violento e chocante que o do Ruggero Deodato!

Caligula,por exemplo?Afinal,senhor Guerra,Caligula é boM ou não?Tudo que eu leio na internet fala mal do filme.Meus professores e até familiares meus dizem que o filme é um lixo,e que a historia é uma mera desculpa para que vejamos cenas pornograficas.Criticos brasileiros como Pablo Villaça e até mesmo criticos famosos internacionais como Roger Ebert e Leonard Maltin dizem que o filme é uma verdadeira apelação e muito ruim.A unica coisa boa que eu percebi que todos concordam é que a atuação do Malcolm McDowell é muito boa.Afinal,o filme vale essa polêmica toda?

Felipe M. Guerra disse...

"Calígula" é um dos meus filmes preferidos.

O que os outros pensam ou deixam de pensar não me importa.

Leandro Caraça disse...

Allan, leia menos críticas e assista mais filmes. O tempo que vc perde lendo as coisas que o Villaça escreve, poderia ser bem melhor usado se corresse atrás dos filmes. Sinceramente, não entendo essa fixação que vc tem no sujeito.

Allan Verissimo disse...

Senhor Caraça,se o senhor tiver lido o meu comentario,terá percebido que eu citei mais gente além do Villaça(e nem sempre concordo com ele,e um exemplo é o recente A PANTERA COR DE ROSA 2 que ele não gostou mais eu sim).Só gostaria de saber por que essa polêmica toda com o filme,afinal?
E eu costumo ver muitos filmes,antigos e atuais,mas só durante as férias.Até o momento eu já vi noventa filmes.Ainda hoje eu vi A PANTERA COR DE ROSA 2.WATCHMEN não pude ver pelo fato da censura ser 18 anos.E CALIGULA,eu pretendo ver na hora certa.

Bruno C. Martino disse...

Eu não acredito como o pessoal no cinema continuou levando a sério o filme quando apareceu o primeiro mutante em CGI. Eles são humanóides, não tinha necessidade de fazê-los em CGI, é tanta grana gasta em coisas supérfulas que acabam não gastando onde tem que gastar. Eu sou muito chato mesmo, quando vejo isso em filme é a mesma coisa que ir em um restaurante e não comer toda a comida do prato. Gasto do dinheiro à toa.

Allan, faça como minha geração fazia quando éramos menores de idade. Falsifique a carteirinha e assista Watchmen, hehehe.

João Pires Neto disse...

É só insistir que vc entra.. empresta o rg de alguém sei lá....quem que nunca viu um filme proibido ou comprou uma Playboy quando era de menor?

Allan Verissimo disse...

Shit.Holy Shit!
A Marvel atrasou o lançamento de THOR e VINGADORES em um ano cada um.
http://cinema.uol.com.br/ultnot/2009/03/12/ult26u27960.jhtm

Inominável Ser disse...

Será melhor engavetarem o Preacher, vai vir mais uma desgraça cxinematográfica por aí, como foi Constantine... Os americanos são uns imbecis moralistas e não teriam coragem de adaptar filelmente uma das obras-primas do irlândes Garth Ennis. E este aqui, depois de terem mexido tanto em Hábitos Perigosos para servir de base para Constantine, não vai querer mais saber de Cinema tão cedo a ponto de participar da adaptação de Preacher da maneira moralista que querem fazer.

O Cara De Cu no Cinema, pelo menos no de Hollywood, seria um milagre...

Anônimo disse...

olha só vc se equivocou um pouco dizendo que rupert everett está parecido com dylan dog...bem os criadores de dylan dog criaram esse personagem com o rosto do rupert everet em 1986 por ser um dos atores que sclavi(criador de dylan dog) mais gosta...parabens pelo blog...

Anônimo disse...

Thor acabou sendo exatamente o contrário do esperado pelo Felipe. Hahahahahahaha!

Mas não foi culpa do Kenneth Branagh. Antes mesmo dele começar as filmagens ele deu uma entrevista dizendo que não estava fazendo um filme dele, e sim um filme da Marvel Studios. Ou seja, ele seguiu o planejamento da Marvel. A única coisa que ele fez foi dirigir o filme e ganhar alguns trocados!

Se o Branagh roteirizasse e metesse o bedelho dele em todas as partes técnicas do filme (ou seja, dirigisse uma adaptação dele mesmo), Thor certamente teria saído MUITO melhor do que foi. Pois o Branagh é um ÓTIMO diretor e roteirista... e um bom ator, vá.